Conteúdos

Dia Mundial da Alfabetização

Hoje, 08 de setembro, é o Dia Mundial da Alfabetização.

Essa data foi criada pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) para lembrar o mundo sobre a importância da alfabetização como uma questão de dignidade e direitos humanos.

A pessoa alfabetizada, que domina a leitura, a escrita e a interpretação de textos, tem maior acesso aos seus direitos, à cidadania, à educação, ao conhecimento e, consequentemente, melhores oportunidades e qualidade de vida.

Infelizmente, no Brasil, a não alfabetização ainda é uma tragédia silenciosa: começa logo nos primeiros anos de ensino, com crianças que frequentam as escolas, mas não são alfabetizadas na idade certa, até o 2º ano do Ensino Fundamental, como define a Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

Enquanto sociedade, não podemos aceitar que mais da metade das crianças não desenvolvam no tempo correto as habilidades e competências estruturantes que serão necessárias em toda a sua vida educacional, cultural, cidadã e produtiva.

A Tatiane dos Santos,  professora alfabetizadora em Carnaíba/PE, compartilhou conosco alguns dos benefícios da alfabetização na idade certa, “alfabetizar na idade certa faz com que a criança se sinta motivada a continuar, a estudar, a ter amor pela escola. O legal é isso: ela se sentir acolhida, importante e capaz. Porque ela se sentindo capaz, vai trilhar um caminho de sucesso!”

Por outro lado, a não alfabetização na idade certa resulta em crianças, jovens e adultos que têm grandes dificuldades de acompanhar as aulas, sentem-se desestimulados, e podem desistir dos estudos.

E com os efeitos da pandemia de covid-19 na educação, todo esse difícil cenário da alfabetização está mais complexo. Por isso, hoje é uma data para celebrarmos a importância de ler e escrever, mas também para pensarmos como garantir a alfabetização na idade certa para todas as crianças.

O Instituto Natura, enquanto organização social sem fins lucrativos que trabalha para apoiar a Educação Pública, tem como um dos principais compromissos contribuir para a garantia da alfabetização na idade certa por meio da Parceria pela Alfabetização em Regime de Colaboração (PARC). Juntos da Fundação Lemann e da Associação Bem Comum atuamos em 10 estados brasileiros, totalizando um alcance de cerca de 990 mil alunos.

Essa aliança entre as três instituições tem o objetivo de possibilitar um salto no número de alunos alfabetizados na idade certa, por meio do apoio às Secretarias Estaduais de Educação, em uma iniciativa que abrange estudantes do último ano da Educação Infantil e dos dois primeiros anos do Ensino Fundamental.

Oferecemos suporte técnico e apoio às Secretarias Estaduais de Educação, para que os estados, em regime de colaboração com seus municípios, possam desenvolver uma política pública estruturada com foco na alfabetização das crianças. A colaboração entre estados e municípios é a chave para alcançar bons resultados de aprendizagem com foco na alfabetização e aumentar a capacidade dos gestores em superar os desafios regionais.

A PARC é inspirada no reconhecido programa de alfabetização do Ceará, o Programa de Alfabetização na Idade Certa (PAIC). A parceria é feita diretamente com os governos dos estados e resulta em material didático, formação de professores e gestores, avaliações de fluência e políticas de incentivo para que promovam a melhoria da aprendizagem, como adequação na distribuição do ICMS, bolsa para formadores e premiação para escolas.

Agora, você pode estar se perguntando: “como eu, enquanto cidadão, posso contribuir com a alfabetização da minha comunidade e das crianças próximas a mim?”

Aqui vão algumas dicas:

  1. Mantenha-se informado sobre a situação da alfabetização no Brasil e onde você mora.
  1. Traga os temas da educação, como os desafios da alfabetização, para o seu dia a dia, converse com as pessoas que conhece, compartilhe nas suas redes sociais.
  1. Valorize e reconheça os profissionais da educação próximos a você.
  1. Traga a leitura e a escrita para o seu dia a dia e para o cotidiano das crianças que você tem contato.
  1. Entenda que alfabetização na idade certa é um direito de nossas crianças e compartilhe essa ideia!

“A alfabetização na idade correta é o que a gente espera, é o fundamental. Mas, para isso, a gente precisa do engajamento de muitas pessoas, de diferentes setores. Precisamos do engajamento da sociedade, precisamos do envolvimento da família, precisamos da equipe preparada, professores bem formados, bem acompanhados, famílias apoiadas. O olhar atento para essa fase tão importante.”

Cecília Patriota.

Secretária Municipal de Educação em Carnaíba/Pernambuco. 

Recomposição das aprendizagens. Neste momento de volta às aulas presenciais, conhecer alternativas capazes de recompor as perdas de aprendizagem ocorridas ao longo do último ano e meio são muito importantes. Podemos encontrar algumas delas no levantamento internacional sobre Recomposição das aprendizagens em contextos de crise elaborado pelo Vozes da Educação. Clique aqui para acessar.

Conversas sobre alfabetização. Se quiser se aprofundar mais no tema, temos um material complementar formativo muito interessante, acesse aqui. E também uma playlist no youtube sobre o tema, acesse aqui.

Atuação do Instituto Natura com Alfabetização. Para entender mais sobre o nosso trabalho com alfabetização, clique aqui